quarta-feira, 21 de abril de 2010

Devaneio 12

Estou aqui tentando entender os relacionamentos humanos (sim, eu sou alien e não entendo essas coisas!). Por que tem que ser tudo tão complicado? E por que as pessoas mudam completamente de personalidade quando namoram? Eu já acho difícil ser uma só, imagina ser muitas! Conheço muita gente que simplesmente deixa os amigos de lado quando começam a namorar. E outros que se comportam de maneira totalmente diferente quando a/o namorada/o está por perto. Isso p/ mim soa tão estranho! Porque p/ mim a pessoa tem que gostar de mim como eu sou, não como eu finjo ser quando estou com ela. Ou estou enganada? Me parece trapaça fingir ser alguém tão diferente só p/ impressionar. Até entendo que se aja diferente dependendo do maior ou menor grau de intimidade que se tem com alguém, mas nem isso justifica uma mudança de comportamento tão radical. Se eu quero que alguém fique comigo por muito tempo, quero saber exatamente como a pessoa é, incluindo os defeitos que ela tem. E se ela quiser que eu me comporte diferente e eu fizer o que ela quer, isso só pode significar uma coisa: nós dois estamos namorando a pessoa errada! Imagino que seja exatamente por isso que os humanos se magoam tanto quando um relacionamento termina: porque descobrem que a pessoa que eles julgavam perfeita só existe na cabeça deles, que a projeção que fazem não condiz nada com a realidade. Humanos gostam de enganar e ser enganados. Deve ser algum tipo de masoquismo velado, só pode! Por que não podem descomplicar um pouco as coisas e serem quem eles são e ponto? Ia ser tão mais fácil... se bem que aí também não seria mais tão... humano! ^^

3 comentários:

Cid disse...

Mto bom o post...
Penso assim tbm...=P

Takeo disse...

Realmente, de que adianta ser outra pessoa? Ou tentar ser?
Por quem devemos nos apaixonar? Pela pessoa que ela realmente é, ou por quem finge ser?

Claro que toda pessoa muda, tudo muda. Mas a essência de cada um é sempre a mesma.
Apesar das máscaras que as pessoas vestem, elas nunca enganam pra sempre. E você acaba se vendo cara a cara com a decisão se deve investir na pessoa, conhecendo a sua verdadeira natureza.

Viajei? ahahha

Phi disse...

Ahh.. sinto que este post é uma extensão da nossa conversa!
Hum, Tia.. vc sabe que eu meio que vivia nessa de criar um mundo ao redor do meu namoro, meio que criando um mundo ideal com ela. Depois q terminamos, percebi q isso era a maior furada! Não há vida só a 2. O mundo é bem maior!
Não é saudável tentar ser diferente do que se é. Acaba perdendo completamente a graça!

Belo devaneio!